Boletins

  • Cadastre-se e receba nossas novidades:
  • Notícias
  • Subsídios pedagógicos
  • Eventos
  • Associado

Espaço Pedagógico

Projeto interdisciplinar: O Sagrado na Natureza

Sexta-feira, 8 de fevereiro de 2019 - 10h24min

Ao concluir do Ensino Fundamental (EF), os estudantes catarinenses compreendem que vivenciarão uma nova fase no Ensino Médio, dentre elas a ausência do componente curricular Ensino Religioso, área do conhecimento que é ofertada durante os nove anos do EF (Anos iniciais e finais).

O componente que está assegurado na Base Nacional Comum Curricular (BNCC) como uma das áreas do conhecimento, tem por objeto de estudo os conhecimentos religiosos, que se fazem presentes em todos os contextos sociais, em destaque nos espaços escolares. Concomitantemente, sabe-se que a presença de professores habilitados em Ciências da Religião - Ensino Religioso tem assegurado um ensino não confessional aos estudantes, além da formação intercultural, crítica, respeitosa e humanizadora, elementos esses que são essenciais para boas convivências na diversidade cultural.

Um exemplo se refere às atividades de aprendizagens desenvolvidas durante o ano letivo de 2018, na Escola Ondina Maria Dias situada na cidade de Tijucas/Santa Catarina, com os estudantes dos 9º anos (turmas 1, 2 e 3) pela professora Gizelia Paladini. Dos inúmeros saberes produzidos, destacamos o tema “O Sagrado na Natureza”. Para apropriação deste conhecimento, uma das atividades desenvolvidas incidiu na confecção de desenhos e frases nos muros (internos e externos) da escola supracitada. Em trabalho conjunto com a disciplina de Artes, sob a mediação das professoras, os estudantes também produziram as cores a serem utilizadas nas obras.

O resultado expressa que, além de deixarem registros de seus aprendizados, levam consigo inúmeros saberes, em especial o respeito e reconhecimento às diferenças religiosas e não religiosas que agregam o universo. Nesse sentido, parabenizamos a todos os envolvidos no projeto e desejamos um excelente retorno aos espaços escolares. 

Fonte: FONAPER

voltar
encaminhe
comente
imprima