Boletins

  • Cadastre-se e receba nossas novidades:
  • Notícias
  • Subsídios pedagógicos
  • Eventos
  • Associado

Notícias

Educadores: A substância da alma da educação

Quarta-feira, 16 de outubro de 2019 - 17h30min

 

Por Ricardo de Oliveira

Perguntam-se sobre a essência da educação no Brasil, e se ela pode continuar sobrevivendo, tendo em vista todas as faltas de condições em estar em sala de aula ministrando conteúdos, muitas vezes, engessados pelo sistema, que tem a preocupação e o olhar para os números e suas estatísticas, ao invés da qualidade pública da escola. Sim, sem educação, não se faz bons escritores, leitores, pesquisadores, poetas e tantas outras profissões de nosso conhecimento.

Essa essência vem a ser o ponto chave para ter continuidade na tarefa de ensinar com dedicação, além de mostrar aos alunos o quanto são importantes para si mesmos e aos outros. A substância da alma da educação são os educadores, desempenhando seus papéis de indicadores. Por que indicadores? Pois não dão respostas prontas, mas indicam caminhos por onde os educandos podem experimentar, e depois disso, desenvolver um pensamento crítico acerca do mundo e da realidade vivida por eles.

Deste modo, a pedagogia educacional, permanecerá dias afinco, anos após anos, sendo a abertura primordial a transformação humana. Não desmotivemos nossos docentes, com palavras e atitudes, ao contrário, motivando-os através de práticas valorosas por suas constantes persistências em buscar novos meios, no intuito de sempre conseguir (mesmo na adversidade) levar os pupilos a superarem as avenidas tortuosas, encaminhando-os para enxergarem a beleza do horizonte.

O dia dos professores consiste em fortalecer os laços entre eles, deixando de percebê-los como apenas alguém a exercer a função, mas como seres humanitários. Pessoas com sonhos, conhecimentos, sorrisos, espiritualidades, enfim, podendo ser a musicalidade de quem realmente são: sujeitos brilhantes! Rubem Alves ensina a aprendermos a sermos crianças, quando diz: São muitos os estudos da psicologia das crianças. Estudamos as crianças para ensiná-las a maneira adulta de ser. Não conheço estudos que tenham por objetivo o contrário: ensinar aos adultos a maneira de voltar a ser criança.

Feliz dia dos professores!

 

Ricardo Oliveira é poeta, Professor de Ensino Religioso, Licenciatura e Bacharelado em Ciências da Religião, Colunista, Editor e fundador do Portal Educação em Sintonia www.ricardoliveira.online. Especialista em Docência e Gestão na Educação Integral. E-mail: oliveirapoeta.oliveira@hotmail.com

Fonte: FONAPER

voltar
encaminhe
comente
imprima